facebook vkontakte e signs star-full

Vinceoxicum Hirundinaria D6 + Associação - Bula

Para que serve

Vinceoxicum Hirundinaria D6 + Associação (substância ativa) auxilia na ativação dos sistemas inespecíficos de defesa nos tratamentos de resfriado e gripe, especialmente nas gripes com catarro e febre.

Contraindicação

Este medicamento contém lactose, portanto é contra-indicado a pacientes hipersensíveis a esta substância e aos outros componentes da fórmula.

Como usar

Via oral. O comprimido deve ser dissolvido embaixo da língua.

Adultos

Tomar 1 comprimido sublingual, de 1 a 3 vezes ao dia, até a completa dissolução.

Nos sintomas agudos, 1 comprimido a cada 30 minutos ou 1 hora, no máximo, porém, 12 comprimidos por dia.

Uso pediátrico

Conforme tabela abaixo:

Idade

Dose normal

Dose para sintomas agudos

Bebês*

De acordo com a prescrição médica

De acordo com a prescrição médica

1-6 anos

½ comprimido 3 vezes ao dia

½ comprimido a cada 30 minutos ou 1 hora, no máximo, porém, 6 comprimidos por dia

6-12 anos

1 comprimido 2 vezes ao dia

1 comprimido a cada 30 minutos ou 1 hora, no máximo, porém, 8 comprimidos por dia

Acima de 12 anos

Igual a dose para adulto

Igual a dose de adulto

* O comprimido deve ser dissolvido com um pouco de água.

Precauções

As orientações e recomendações previstas na bula estão relacionadas à via de administração indicada. O uso por outras vias pode envolver risco e devem estar sob a responsabilidade do prescritor.

Vinceoxicum Hirundinaria D6 + Associação (substância ativa) está na categoria B de risco na gravidez. Este medicamento não deve ser utilizado durante a gravidez, exceto sob orientação médica, ou do cirurgião dentista.

Vinceoxicum Hirundinaria D6 + Associação (substância ativa) não deve ser utilizado durante a lactação sem acompanhamento médico.

Este medicamento contém lactose.

Reações Adversas

Em casos individuais podem ocorrer erupções na pele depois do uso de Vinceoxicum Hirundinaria D6 + Associação (substância ativa). Caso ocorram tais reações, interromper o tratamento.

O médico deve informar ao paciente para entrar em contato, caso os sintomas persistam por mais de 2 dias, ou se agravem.

No caso do tratamento ser longo, acompanhar a evolução do paciente durante todo o período do tratamento.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm ou para o Centro de Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Preço

A partir de R$43.34
Este sitio utiliza cookies. Continuar usando recurso, acepta los terminos y políticas de tratamiento de datos personales.