facebook vkontakte e signs star-full

Valerinati - Bula

Principio activo: Valeriana Officinalis

Para que serve

afecções nervosas, angústia, ansiedade, asma, cansaço intelectual, chagas, cólicas abdominais, celulite, contusão, convulsão, falta de apetite, ferida, debilidade, debilidade cardíaca, depressão nervosa, dermatose pruriginosa, distúrbios da menopausa, distúrbio nervoso, dor reumática, eczemas, epilepsia, estresse, espasmos, gastralgia nervosa, gripe, hiperexcitabilidade, hipocondria, histeria, insônia, machucados, menopausa, nervosismo, neurose, neurose cardíaca, obesidade, problemas circulatórios, palpitações cardíacas, reumatismo, tumores.

Contraindicação

contra indicada para gestantes. Doses abusivas ou uso prolongado, podem resultar em: agitação, cefaléia, dispepsias, vertigem, alterações na visão e audição, excitação mental, delírio, reações alérgicas cutâneas, alucinações, torpor, convulsões, morte por parada respiratória; o uso contínuo pode induzir ao chamado "valerianismo", um estado emocional instável. A essência é eliminada pelos rins, podendo a urina adquirir o cheiro característico da valeriana.

Como usar

Infusão ou decocção:

- 5 a 15 g de raiz fresca (ou 5 g de raiz seca) por litro de água. Tomar 50 a 200 ml por dia;

- vinho: macerar por 8 dias 25 g de raiz em 1 litro de vinho branco. Coar e tomar 1 cálice 3 vezes ao dia: depressão;

- pó das raízes: 0,3 a 1,0 g, três vezes ao dia.

- alcoolatura: 2 a 10 g por dia.

- extrato fluido em álcool 60%: 4 a 8 ml, três vezes ao dia.

Crianças: 0,20 a 0,40 g por ano de idade ao dia.

Fitocosmético: decocção da raiz.

Obs.: as raízes são arrancadas com dois anos, limpas, lavadas rapidamente (sem pelar nem raspar), cortadas e postas a secar brevemente, a 35°C no máximo.

Precauções

Em caso de alergia ao produto, recomenda-se descontinuar o uso.

Não ingerir doses maiores do que as recomendadas. De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este medicamento apresenta categoria de risco C.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Não há evidências suficientes de que medicamentos à base de Valeriana Officinalis (substância ativa) afetem a habilidade de operar máquinas ou dirigir, mas como esses dados são insuficientes, deve-se evitar tais atividades durante o tratamento com estes medicamentos.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Fonte: Bula do Paciente do Medicamento Valeriane.

Reações Adversas

Os efeitos adversos relatados foram raros e leves, incluindo tontura, indisposição gastrintestinal, alergias de contato, dor de cabeça e dilatação da pupila.

Com o uso em longo prazo, os seguintes sintomas podem ocorrer:

Dor de cabeça, cansaço, insônia, dilatação da pupila e desordens cardíacas.

O uso crônico de altas doses de Valeriana Officinalis (substância ativa) por muitos anos aumentou a possibilidade de ocorrência de síndrome de abstinência com a retirada abrupta do medicamento.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Fonte: Bula do Paciente do Medicamento Valeriane.

Preço

Sem ofertas
Este sitio utiliza cookies. Continuar usando recurso, acepta los terminos y políticas de tratamiento de datos personales.