facebook vkontakte e signs star-full

Vacina Contra Varicela - Bula

Para que serve

Seu médico recomendou ou administrou a vacina contra varicela para ajudar a proteger você ou a sua criança da varicela (catapora). A vacina pode ser administrada a indivíduos a partir de 12 meses de idade.

Para aqueles que receberam a primeira dose com 13 anos de idade ou mais, recomenda-se uma segunda dose da vacina, que deve ser administrada 4 a 8 semanas após a primeira dose.

Contraindicação

Você não deve usar a vacina contra varicela se apresentar:

Hipersensibilidade a qualquer componente da vacina (incluindo a gelatina e a neomicina); Discrasias sanguíneas ou qualquer tipo de câncer que afete o sistema imunológico; Uso de medicamentos que suprimem o sistema imunológico; Imunodeficiência, incluindo a decorrente de uma doença (como a AIDS); Tuberculose ativa não tratada; Febre >38,5°C; Gravidez (além disso, deve-se evitar a gravidez por 3 meses após a vacinação).

Este medicamento é contraindicado para uso por mulheres grávidas.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgiãodentista.

Como usar

Para administração subcutânea (por debaixo da pele). O local preferível para a aplicação da injeção é a parte superior do braço (região deltoide).

Não injete por via intravenosa (em veias ou artérias).

A vacina contra varicela deve ser administrada por via subcutânea (por debaixo da pele) da seguinte maneira:

Crianças de 12 meses a 12 anos de idade devem receber uma dose única de 0,5 mL.  Adolescentes a partir de 13 anos e adultos devem receber uma primeira dose de 0,5 mL e uma segunda dose também de 0,5 mL após 4 a 8 semanas.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Precauções

Informe ao seu médico sobre qualquer problema clínico que você ou a sua criança esteja apresentando ou já tenha apresentado e sobre qualquer tipo de alergia (principalmente à gelatina e à neomicina).

Informe ao seu médico se a pessoa que está sendo vacinada mantém algum contato íntimo com alguém que pertença a uma das três categorias listadas abaixo; as pessoas incluídas nessas categorias podem correr o risco de adquirir varicela daquele que está sendo vacinado:

Indivíduos com sistema imunológico enfraquecido; Mulheres grávidas que nunca tiveram varicela; Recém-nascidos cujas mães nunca tiveram varicela.

Atenção diabéticos: contém açúcar.

Gravidez e amamentação:

A vacina contra varicela não deve ser administrada a mulheres grávidas. Mulheres em idade fértil devem tomar as precauções necessárias para evitar a gravidez por um período de três meses após a vacinação.

Informe ao seu médico se está amamentando ou se pretende amamentar. Seu médico decidirá se você deve ou não receber a vacina contra varicela.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Uso em crianças:

A vacina varicela (atenuada) pode ser administrada em crianças a partir de 12 meses de idade.

Dirigir ou operar máquinas:

Não existem informações sugestivas de que a vacina varicela (atenuada) afete a capacidade de conduzir veículos ou operar máquinas.

Reações Adversas

Qualquer vacina pode apresentar efeitos adversos ou indesejáveis, denominados reações adversas. As reações adversas mais comuns relatadas com a vacina contra varicela são reações no local da injeção como dor, inchaço, coceira e vermelhidão. Ocasionalmente, podem ocorrer febre, irritabilidade, formigamento da pele, herpes zoster ou erupção cutânea tipo varicela sobre o corpo ou no local da injeção.

Foram relatadas outras reações adversas como náusea, vômito e catapora (varicela). Algumas reações adversas relatadas foram graves, incluindo: reações alérgicas (em indivíduos com ou sem histórico de hipersensibilidade); contusões mais facilmente que o normal; manchas puntiformes sob a pele planas, vermelhas ou roxas; palidez intensa; dificuldade para caminhar, alterações cutâneas graves, e infecção da pele. Raramente foram observadas inflamação do cérebro (encefalite), derrame (acidente vascular cerebral), inflamação pulmonar (pneumonia/pneumonite) e convulsões com ou sem febre. A relação dessas reações adversas raras com a vacina ainda não foi estabelecida.

Seu médico possui uma lista mais completa dos efeitos adversos.

Relate imediatamente ao seu médico a ocorrência de efeitos indesejáveis ou de quaisquer outros sintomas incomuns. Se as condições persistirem ou piorarem, busque assistência médica.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Preço

Sem ofertas
Este sitio utiliza cookies. Continuar usando recurso, acepta los terminos y políticas de tratamiento de datos personales.