facebook vkontakte e signs star-full

Nitrato de Cério + Sulfadiazina de Prata - Bula

Para que serve

Este medicamento é um creme antimicrobiano e cicatrizante com amplo espectro de ação antibacteriana e antifúngica.

Dentre os microorganismos sensíveis à este medicamento destacam-se:

Staphylococcus aureus, inclusive os resistentes a meticilina (MRSA); Streptococcus pyogenes; Enterococcus spp., Candida albicans; Escherichia coli; Klebsiella pneumoniae; Enterobacter spp; Proteus mirabilis; Proteus spp Indol-positivo; Providencia stuartii; Acinetobacter spp; Pseudomonas aeruginosa.

Em pacientes com queimaduras, este medicamento está indicado na imunomodulação e na prevenção e/ou tratamento da infecção.

A ação cicatrizante deste medicamento foi relatada também em úlceras de estase venosas e mal perfurante plantar.

Contraindicação

Hipersensibilidade à sulfadiazina de prata, ao nitrato de cério e aos demais componentes da formulação.

Devido à possibilidade de Kernicterus (potencializado pelas sulfonamidas) seu uso não é recomendado, em caso de: gravidez a termo, crianças prematuras e recém-natos até o segundo mês de vida.

Por existirem poucos dados sobre a sua passagem pelo leite materno, também não é recomendado em mulheres que estejam amamentando.

Este medicamento é contraindicado para pacientes alérgicos às Sulfas e demais componentes da formulação.

Este medicamento é contraindicado para uso por crianças prematuras.

Este medicamento é contraindicado para menores de 2 meses de idade.

Este medicamento é contraindicado para mulheres grávidas nos últimos três meses de gestação.

Categoria B de risco na gravidez.

Este medicamento não deve ser utilizado em mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Como usar

Após a limpeza da área afetada, aplicar uma camada do medicamento sobre a lesão.

Um curativo do tipo contensivo é recomendado.

Caso após a aplicação o produto fique exposto à luz, alterações na coloração do mesmo podem ocorrer.

A terapia tópica deve ser iniciada o mais precocemente possível.

Posologia

Aplicar uma camada do creme este medicamento uma vez ao dia.

Caso a lesão seja muito exsudativa, reaplicar o creme uma segunda vez.

Quando necessário, o produto deve ser reaplicado na área da qual ele tenha sido removido.

Utilize este medicamento até a cicatrização da ferida.

Não deve ser aplicado na região dos olhos.

Precauções

Quando do uso em áreas muito extensas de superfície corporal, a monitoração dos níveis séricos da sulfa e da função renal tornam-se relevantes, apesar da baixa absorção do produto.

Devido à possibilidade aumentada de Kernicterus pelo uso de sulfonamidas, atenção especial deve ser dada nos seguintes casos:

Gravidez a termo; Crianças prematuras e recém natos até o segundo mês de vida.

Foi descrita uma sensação de desconforto ou “queimação” logo após a aplicação de creme contendo sulfadiazina de prata com nitrato de cério. Este sintoma geralmente é transitório e não há a necessidade de suspensão da terapia.

Estudos cientificamente controlados em pacientes grávidas não foram realizados. No entanto, as sulfonamidas, quando absorvidas, podem representar um risco de Kernicterus no neonato. Qualquer medicação deve ser interrompida caso ocorram, com o seu uso, sinais de hipersensibilidade local ou sistêmica.

Não foram encontrados relatos específicos na literatura médica acerca do uso em pacientes idosos, contudo estes pacientes só devem fazer uso do medicamento sob orientação médica.

Observar as precauções, contra-indicações, advertências e só administrar a posologia prescrita pelo médico.

Categoria B de risco na gravidez.

Este medicamento não deve ser utilizado em mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Reações Adversas

A maioria das pessoas que fazem uso deste medicamento não apresenta problemas relacionados a ele. Porém, como acontece com todos os medicamentos, alguns pacientes podem ter reações indesejáveis.

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Reação de argiria; Descoloração da pele ou mucosas secundárias causadas pela deposição do metal prata, após utilização tópica de creme de sulfadiazina de prata por longos períodos.

Reação rara (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Anemia hemolítica em pacientes com deficiência de glicose-6-fosfato desidrogenase após uso de sulfadiazina de prata; Aumento da sensibilidade à luz solar ou “rash cutâneo”; Leucopenia transitória em pacientes recebendo terapia com sulfadiazina de prata. Em geral ocorrendo entre 3 a 4 dias do início do tratamento, com retorno aos níveis normais de 5 a 7 dias, mesmo com a manutenção da terapia; Metahemoglobinemia com regressão 24 horas após a suspensão do nitrato de cério.

Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% que utilizam este medicamento)

Hiperosmolaridade, devido à presença de propilenoglicol na formulação do veículo cremoso, foi relatada em crianças utilizando cremes de sulfadiazina de prata; Neuropatia sensorial e motora relacionado à aplicação de sulfadiazina de prata em úlceras de perna por longo período, embora tal quadro tenha sido descrito como raro e reversível; Reação cutânea granulomatosa ao cério, caracterizada pelo aparecimento de lesões pápulo-nodulares acometendo as áreas onde havia sido aplicado o produto; Foi relatado um caso de cloremia após a utilização tópica de creme de sulfadiazina de prata e nitrato de cério, com regrassão a partir do 4° dia se estabilizando no 10° dia; Relato único de caso de acidose lática após o uso de sulfadizina de prata e propilenoglicol, com regressão 72 horas após a interrupção do uso.

Pacientes que utilizam o produto por longos períodos e/ou em grandes áreas do corpo devem ser acompanhados por médico que avaliará a necessidade de acompanhamento laboratorial, principalmente em pacientes com deficiência de glicose-6-fosfato desidrogenase.

Se uma reação alérgica ou disfunção renal ou hepática ocorrer, a descontinuidade da terapia deve ser considerada, até que a causa seja definida.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Preço

A partir de R$44.24
Este sitio utiliza cookies. Continuar usando recurso, acepta los terminos y políticas de tratamiento de datos personales.