facebook vkontakte e signs star-full

Nimesulida - Medley - Bula

Principio activo: Nimesulida

Composição

Apresentação

Comprimidos de 100 mg

Embalagem com 12 comprimidos.

Uso adulto.

Uso oral.

Composição

Cada comprimido contém:

Nimesulida

100 mg

Excipientes*

1 comprimido

*Celulose microcristalina, docusato de sódio, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio, hiprolose, lactose monoidratada, óleo vegetal hidrogenado.

Para que serve

A nimesulida é indicada como anti-inflamatório, analgésico ou antipirético.

Como este medicamento funciona?

Nimesulida é um medicamento que apresenta propriedades que combatem a inflamação, a dor e a febre.

Alivia a dor, em adultos, dentro de 15 minutos após o uso oral.

Contraindicação

A nimesulida não deve ser utilizado por:

Pacientes que tenham alergia a nimesulida ou a qualquer outro componente do medicamento, ao ácido acetilsalicílico ou outros anti-inflamatórios (informe seu médico caso você tenha alergia a algum produto); Úlcera péptica (no estômago ou duodeno) em fase ativa, ulcerações recorrentes ou com hemorragia no trato gastrintestinal; Pacientes com distúrbios graves de coagulação; Pacientes com insuficiência cardíaca; Pacientes com mau funcionamento dos rins; Pacientes com mau funcionamento do fígado; Mulheres grávidas ou em fase de amamentação; Crianças menores de 12 anos.

Hipersensibilidade individual ao produto, ao ácido acetilsalicílico ou a outros fármacos anti-inflamatórios não-esteroides; hemorragias gastrintestinais; úlcera péptica em fase ativa, ulcerações recorrentes, distúrbios de coagulação graves, disfunção hepática de moderada a grave e disfunção renal grave (clearance de creatinina abaixo de 30 mL/min).

Este produto passa a não ser indicado para crianças com idade inferior a 12 anos.

Como usar

Caso os sintomas não melhorem em 5 dias, entre em contato com o seu médico.

Recomenda-se tomar nimesulida após as refeições.

Interrupção do tratamento

Você deverá estar sempre em contato com o seu médico, para que ele acompanhe a evolução do tratamento e decida quando e como este será interrompido.

Posologia

Aconselha-se administrar nimesulida após as refeições. Recomenda-se que nimesulida, assim como todos os AINEs, seja utilizada com a menor dose efetiva possível e com o menor tempo possível de duração do tratamento. Em casos de insuficiência renal, a posologia deve ser adaptada às necessidades de cada paciente, de acordo com os valores da filtração glomerular.

Adultos e crianças acima de 12 anos

50 - 100 mg (1/2 a 1 comprimido) duas vezes ao dia, podendo alcançar até 200 mg duas vezes ao dia.

Pacientes idosos

Pacientes idosos com mais de 65 anos podem ser tratados com a menor dose efetiva, 100 mg duas vezes ao dia

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Precauções

Se você teve ou tem formação de úlcera péptica, inflamações nos intestinos ou mau funcionamento do fígado, você deve usar o medicamento com atenção.

O uso prolongado de anti-inflamatórios não-esteroides-AINEs em idosos não é recomendado.

Se a terapia prolongada com nimesulida for necessária, os pacientes devem ser regularmente monitorados, pois são mais sensíveis as reações desagradáveis dos anti-inflamatórios.

Como os AINEs podem interferir na função plaquetária, eles devem ser usados com cuidado em pacientes com problema de coagulação como, por exemplo, hemofilia e predisposição a sangramento.

Com relação ao uso de nimesulida em crianças foram relatadas algumas reações severas, incluindo casos muito raros compatíveis com Síndrome de Reye.

O produto tem pouco ou nenhum efeito sobre a habilidade de dirigir ou operar máquinas.

Diabéticos

Os comprimidos de nimesulida não contêm açúcar, podendo ser utilizados por pacientes diabéticos.

Gravidez e lactação

Uso de nimesulida não é recomendado para gestantes e mulheres em fase de amamentação.

Estudos em coelhos sugerem uma embriotoxicidade potencial, enquanto nenhum efeito foi observado em ratos e camundongos.

Como para os demais anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs), o uso durante a gravidez não é recomendado.

O uso de AINEs até o final da gravidez está associado a uma incidência maior de distócia e atonia uterina. Os AINEs também estão associados à indução do fechamento do ducto arterioso. Até o momento não há informação disponível sobre a excreção de nimesulida no leite materno e, portanto, este não deve ser administrado a mulheres que estão amamentando.

Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez durante o tratamento ou após o seu término. Informe ao médico se está amamentando.

Reações Adversas

Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, como por exemplo, urticária, coceira, náusea, dor de estômago, perda do apetite, urina escura, icterícia, diarreia, dor de cabeça, sonolência, tontura, diminuição da temperatura do corpo, diminuição do volume urinário, asma entre outras.

Podem ocorrer reações alérgicas.

Foram relatados casos isolados de Síndrome de Stevens-Johnson e de hepatite aguda fulminante.

Elas estão agrupadas de acordo com os sistemas orgânicos (listados na ordem de frequência, as reações mais frequentes primeiro).

Pele e tecidos subcutâneos

Os mais frequentemente relatados foram rash, urticária, prurido, eritema e angioedema. Casos isolados de Síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica.

Gastrintestinais

Os mais frequentemente relatados foram náusea, dor gástrica, dor abdominal, diarreia, constipação e estomatite. Raramente úlceras pépticas, perfuração ou hemorragia gastrintestinal, que podem ser graves.

Hepatobiliar

Alterações dos parâmetros hepáticos (transaminases), geralmente transitórias e reversíveis. Casos isolados de hepatite aguda, falência hepática fulminante (algumas fatalidades foram relatadas).

Sistema nervoso

Sonolência, cefaleia, tonturas e vertigens. Casos isolados de encefalopatia (Síndrome de Reye).

Renais

Oligúria, edema, hematúria isolada e falência renal.

Sistema sanguíneo e linfático

Casos isolados de púrpura e trombocitopenia.

Respiratórios

Casos isolados de reações anafiláticas como dispneia e asma, principalmente em pacientes com histórico de alergia ao ácido acetilsalicílico e a outros AINEs.

Distúrbios gerais

Casos isolados de hipotermia.

Superdosagem

Poucos casos de superdose intencional foram relatados e sem sinais de intoxicação. Em caso de superdose com o produto, deve ser iniciado o tratamento sintomático (lavagem gástrica, investigação e restauração do balanço hidroeletrolítico).

Se ocorrer intoxicação, pode ser necessária diurese alcalina e se houver comprometimento da função renal, poderá ser necessária a realização de uma hemodiálise.

Cuidados de Armazenamento

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 300C). Proteger da umidade.

Este medicamento deve ser guardado em sua embalagem original até sua total utilização.

Prazo de validade: 24 meses a partir da data de fabricação, o que pode ser verificado na embalagem do produto.

Não use o medicamento se o prazo de validade estiver vencido.

Verifique se o produto está lacrado e em boas condições de armazenamento.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais

Data de fabricação, prazo de validade e nº do lote: vide cartucho.

Reg. MS - 1.0181.0349

Farm. Resp.: Dra. Miriam Onoda Fujisawa CRF-SP nº 10.640

Medley Indústria Farmacêutica Ltda. Rua Macedo Costa, 55 Campinas - SP CNPJ 50.929.710/0001-79 Indústria Brasileira

Preço

A partir de R$14.41
Este sitio utiliza cookies. Continuar usando recurso, acepta los terminos y políticas de tratamiento de datos personales.