facebook vkontakte e signs star-full

Neotaflan Injetável - Bula

Principio activo: Diclofenaco Potássico

Composição

Apresentações

Solução injetável 75mg/3ml

Embalagens com 3 e 50* ampolas de 3ml.

*Embalagem hospitalar.

Uso adulto.

Uso IM.

Composição

Cada ampola de 3mL, contém

Diclofenaco de potássio

75mg

Veículo*

3mL

*Álcool benzílico, manitol, metabissulfito de sódio, propilenoglicol e água destilada.

Para que serve

Neotaflan é indicado no tratamento a curto prazo das seguintes condições agudas:

Estados dolorosos e inflamatórios pós-traumáticos; Dor e inflamação no pósoperatório, em especial após cirurgias ortopédicas e odontológicas; Síndromes dolorosas da coluna vertebral; Como adjuvante no tratamento de processos infecciosos acompanhados de dor e inflamações de ouvido, nariz e garganta, como por exemplo, nas faringoamigdalites e otites, respeitando os princípios terapêuticos gerais de que a doença de base deve ser adequadamente tratada.

A febre isoladamente não é uma indicação.

Como o Neotaflan Injetável funciona?

Neotaflan tem ação analgésica e antiinflamatória.

Contraindicação

O uso de é contra-indicado:

Para pacientes com antecedentes de hipersensibilidade aos antiinflamatórios não-esteroidais (aines), ou a qualquer outro componente da fórmula; Na gravidez; Lactação; Discrasias sangüíneas; Depressão da medula óssea; Doença cardíaca grave; Doença hepática grave; Doença renal grave; Úlcera péptica ativa; Sintomas de pólipos nasais associados a broncoespasmo ou angioedema; Anafilaxia ou outras reações alérgicas graves induzidas pelo ácido acetilsalicílico ou por outros fármacos com atividade inibidora da prostaglandina sintetase.

Neotaflan não deve ser administrado em pacientes portadores de úlcera péptica, assim como em pacientes alérgicos, nos quais as crises de asma ou rinite aguda sejam desencadeadas pelo ácido acetilsalicílico.

Neotaflan não é indicado para crianças abaixo de 14 anos, com exceção de casos de artrite juvenil crônica. 

Como usar

O uso de Neotaflan injetável não é indicado para tratamentos com duração superior a dois dias.

A dose usual é de uma ampola ao dia, injetada via intramuscular no quadrante superior externo da região glútea.

Excepcionalmente, em casos de crises dolorosas, pode-se administrar duas injeções separadas por um intervalo de tempo de 12 horas por dia (uma em cada nádega). Pode-se complementar o tratamento com as outras formas farmacêuticas do produto, até a dose máxima de 150mg/dia.

Cuidados de Administração

Promover a higiene com álcool 70% no local da aplicação; Aplicar no quadrante superior externo da região glútea, conforme ilustração; Posicionar a agulha de forma perpendicular à pele e introduzir profundamente no músculo; Aplicar a injeção lentamente; Evitar áreas de tecido adiposo abundante, pois o medicamento não deve ser administrado na região subcutânea; É imprescindível a aspiração do êmbolo após a introdução da agulha para certificação de que não houve perfuração de vasos sangüíneos. Caso haja aspiração de sangue ou se ocorrer dor intensa, interromper imediatamente a aplicação; As instruções acima devem ser seguidas a fim de se evitar danos a nervos ou outros tecidos no local da aplicação.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Precauções

Exatidão de diagnóstico e estreita vigilância médica são essenciais em pacientes com sintomas indicativos de distúrbios gastrintestinais, com história que sugira ulceração gastrintestinal, com colite ulcerativa e doença de Crohn, bem como em pacientes com insuficiência hepática grave.

Atenção especial em pacientes com comprometimento das funções cardíacas ou renal, em pacientes tratados com diuréticos e naqueles em recuperação de grandes cirurgias. Recomenda-se cautela na utilização do Neotaflan em pacientes idosos e/ou debilitados, devendo-se levar em consideração as condições clínicas do paciente.

É particularmente recomendável a utilização da posologia eficaz mais baixa.

Pacientes que sentirem tonturas ou outros distúrbios do Sistema Nervoso Central (SNC) devem abster-se de dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

O uso do Neotaflan injetável não é recomendado durante a gravidez (o médico deve avaliar o benefício contra o potencial risco para o feto). Essa orientação aplicase particularmente aos três últimos meses de gravidez (pela possibilidade de ocorrer inércia uterina e/ou fechamento prematuro do canal arterial).

Visto que os antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs) prejudicam a agregação plaquetária e prolongam o tempo de sangramento, estes medicamentos devem ser utilizados cautelosamente em pacientes com distúrbios de sangramento.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.

Informe seu médico se está amamentando.

Neotaflan não deve ser utilizado durante a gravidez

Durante o tratamento mais prolongado com o Neotaflan, recomenda-se proceder contagem de células sangüíneas e monitoração das funções hepáticas ou renais. A segurança e eficácia do diclofenaco - independente da formulação farmacêutica - não foi ainda estabelecida em crianças. Assim sendo, com exceção de casos de artrite juvenil crônica, o uso do diclofenaco não é recomendado em crianças de idade inferior a 14 anos.

Reações Adversas

Neotaflan geralmente é bem tolerado, porém ocasionalmente, podem ocorrer reações desagradáveis.

Se ocorrer dores abdominais, escurecimento das fezes, dificuldades respiratórias, icterícia ou insuficiência renal, o tratamento deve ser interrompido e o médico avisado imediatamente. Informe seu médico o aparecimento de quaisquer outras reações desagradáveis tais como: náuseas, vômito, diarréia, má digestão, prisão de ventre, falta de apetite, dor de cabeça, tontura e vermelhidão da pele.

Trato gastrintestina

Ocasionais

Distúrbios gastrintestinais tais como dor epigástrica, náusea, vômito, diarréia, cólicas abdominais, flatulência; Anorexia.

Casos raros

Sangramento gastrintestinal; Hematêmese; Melena; Úlcera péptica ou perfuração; Diarréia sangüinolenta.

Casos isolados

Distúrbios no intestino grosso, como colite hemorrágica não-específica da colite ulcerativa ou proctocolite de Crohn; Glossite; Estomatite aftosa; Lesões esofágicas; Constipação.

Sistema Nervoso Central (SNC) e periférico

Ocasionalmente

Cefaléia; Tontura ou vertigem.

Raramente

Sonolência.

Casos isolados

Distúrbios da sensibilidade, incluindo parestesias; Distúrbios de memória; Desorientação; Distúrbios de visão (visão turva e diplopia); Audição alterada; Zumbido; Insônia; Irritabilidade; Convulsões; Depressão; Ansiedade; Pesadelos; Tremores; Reações psicóticas; Alteração do paladar.

Pele

Ocasionalmente

Erupções cutâneas;

Raramente

Urticária.

Casos isolados

Eritroderma; Perda de cabelos; Reação de fotossensibilidade; Ppúrpura incluindo a alérgica; Eczema; Eritema multiforme; Síndrome de Stevens-Johnson; Síndrome de Lyell.

Sistema urogenital

Casos isolados

Insuficiência renal aguda; Anormalidades urinárias tais como hematúria, proteinúria, nefrite intersticial, síndrome nefrótica e necrose papilar.

Fígado

Aumento dos níveis séricos das aminotransferases (AST e ALT).

Casos raros

Hepatite com ou sem icterícia.

Casos isolados

Hepatite fulminante.

Sangue

Casos de trombocitopenia; Leucopenia; Anemia (hemolítica e aplásica); Agranulocitose.

Hipersensibilidade

Casos raros

Asma; Reações sistêmicas anafilática/anafilactóides incluindo hipotensão.

Casos isolados

Vasculite; Pneumonite.

Sistema cardiovascular

Casos isolados

Palpitação; Dores no peito; Hipertensão; Insuficiência cardíaca congestiva.

Outras reações ocasionais

Reações no local da aplicação intramuscular, tais como dor e endurecimento.

Casos isolados

Abscesso local; Necrose da área da aplicação intramuscular.

Superdosagem

O tratamento de intoxicação aguda com o Neotaflan, consiste essencialmente em medidas sintomáticas e de suporte.

As medidas terapêuticas a serem tomadas em casos de superdose são lavagem gástrica e tratamento com carvão ativado, tão cedo quanto possível para ajudar a evitar a absorção. Tratamento sintomático e de suporte devem ser administrados em casos de complicações, tais como hipotensão, insuficiência renal, convulsões, irritação gastrintestinal e depressão respiratória.

Terapias específicas tais como diurese forçada, diálise ou hemoperfusão não são úteis em decorrência do seu alto índice de ligação às proteínas e metabolismo extensivo.

Cuidados de Armazenamento

Conservar em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz.

Prazo de validade: vide cartucho.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido; poderá ocorrer diminuição significativa do seu efeito terapêutico.  

Dizeres Legais

Nº do lote, data de fabricação e prazo de validade: vide cartucho.

Registro M.S. nº 1.0465.0178

Farm. Responsável: Dr. Marco Aurélio Limirio G. Filho CRF-GO nº 3.524

Produzido por: NeoLatina Comércio e Indústria Farmacêutica LTDA. VPR-3 - Quadra 2-A - Módulos 20/21 - DAIA CEP 75133-600 Anápolis - GO

Laboratório Neo Química Com. e Ind. LTDA. VPR 1 - Quadra 2-A - Módulo 4 - DAIA Anápolis - GO CEP 75132-020 www.neoquimica.com.br C.N.P.J.: 29.785.870/0001-03 Indústria Brasileira

Venda sob prescrição médica.

Preço

Sem ofertas
Este sitio utiliza cookies. Continuar usando recurso, acepta los terminos y políticas de tratamiento de datos personales.