facebook vkontakte e signs star-full

Nasalflux - Bula

Principio activo: Cloridrato de Nafazolina

Para que serve

Como descongestionante de uso tópico nasal. Como antisséptico e descongestionante nasal.

Contraindicação

Hipersensibilidade conhecida a qualquer componente da fórmula. Gravidez. Crianças menores de 12 anos. Hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Como usar

Gotejar 2 a 4 gotas em cada narina, 4 a 6 vezes ao dia.

Precauções

Recomenda-se precaução no uso do produto nos pacientes em tratamento com inibidores da monoaminoxidase como, por exemplo, a fenelzina, tranilcipromina e moclobemida que podem potencializar os efeitos de elevação pressórica do Cloridrato de Nafazolina (substância ativa).

O cloreto de benzalcônio, presente no Cloridrato de Nafazolina (substância ativa) de uso adulto, pode ocasionar um quadro de rinite medicamentosa caracterizada por inflamação, inchaço e congestão nasal, quando a exposição é feita de forma repetida.

Utilizar com cautela em pacientes com problemas cardiovasculares e hipertireoidismo, diabetes mellitus, hipertrofia prostática e pacientes que apresentem forte reação a agentes simpatomiméticos, evidenciada por sinais de insônia ou vertigem.

O Cloridrato de Nafazolina (substância ativa) pode provocar sonolência. Durante o tratamento com o Cloridrato de Nafazolina (substância ativa) de uso adulto, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois a sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Não utilizar o produto por mais de 3 a 5 dias.

O frasco não deve ser utilizado por mais de uma pessoa com a finalidade de diminuir o risco de contaminação e transmissão do processo infeccioso, quando houver.

Categoria de risco na gravidez: categoria C em todos os trimestres.

O Cloridrato de Nafazolina (substância ativa) é absorvida sistemicamente após administração tópica, e dados sobre a substância atravessando a placenta são desconhecidos. Estudos em animais revelaram efeitos adversos sobre o feto, e não existem estudos controlados em mulheres grávidas. Desta forma, até que outros dados sejam obtidos, este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista, que devem avaliar o potencial benefício frente ao risco para o feto. Não há evidências conclusivas sobre o risco no uso do Cloridrato de Nafazolina (substância ativa) durante a amamentação. O profissional prescritor deve considerar o risco potencial frente aos benefícios na sua administração durante a amamentação.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Este medicamento não deve ser ingerido, sendo destinado apenas para uso nasal.

As consequências decorrentes da ingestão de o Cloridrato de Nafazolina (substância ativa) de uso adulto podem incluir náusea, vômito, letargia, taquicardia, diminuição da respiração, bradicardia, hipotensão, hipertensão, sedação sonolência, midríase, estupor, hipotermia e coma.

Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento Sorine.

Reações Adversas

Pode ocorrer irritação local passageira (queimação, ardência, espirros). Já foram descritas as ocorrências de náusea e cefaleia.

Pacientes diabéticos podem ter o valor da glicemia elevados com o uso crônico do Cloridrato de Nafazolina (substância ativa).

O uso crônico do Cloridrato de Nafazolina (substância ativa) de uso adulto pode promover congestão nasal por efeito rebote e seu uso prolongado pode acarretar rinite medicamentosa.

Reações adversas ao uso do Cloridrato de Nafazolina (substância ativa)

A literatura cita as seguintes reações adversas, sem frequência conhecida:

Reações cardiovasculares

Foram relatados hipertensão arterial e taquicardia. Os medicamentos contendo nafazolina devem ser usados com cuidado por pacientes idosos com doença cardiovascular grave, incluindo arritmias e hipertensão, uma vez que a absorção sistêmica pode exacerbar estas condições.

Reações endócrinas/metabólicas

Foi relatado na literatura que em pacientes com diabetes, particularmente os que apresentam desenvolvimento de cetoacidose diabética, a absorção sistêmica de nafazolina pode piorar o quadro de hiperglicemia.

Reações respiratórias

É relatado que o uso de nafazolina pode promover queimação nasal, dor nasal, espirro, aumento da descarga nasal, desconforto nasal, rinite e epistaxe.

Reações neurológicas

Foram descritos efeitos do Cloridrato de Nafazolina (substância ativa) no sistema nervoso central como sedação, depressão do sistema nervoso central, hipotermia, coma, insônia.

Reações oftálmicas Foram descritos os seguintes efeitos do Cloridrato de Nafazolina (substância ativa):

Conjuntivite, dor ocular, alteração visual, vermelhidão e irritação ocular, dilatação na pupila e aumento na pressão intra ocular.

As seguintes reações adversas foram descritas, conforme experiência pós comercialização, em uma frequência não conhecida: insônia, irritação e dor ocular, epistaxe e desconforto nasal.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária-NOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Fonte: Bula do Profissional do Medicamento Sorine.

Preço

A partir de R$2.65
Este sitio utiliza cookies. Continuar usando recurso, acepta los terminos y políticas de tratamiento de datos personales.