facebook vkontakte e signs star-full

Glicose - Farmace - Bula

Principio activo: Glicose

Composição

Glicose 25%

Glicose

25 g

Água para injeção q.s.p.

100 mL

Osmolaridade

1388 mOsmol/L

Glicose 50%

Glicose

50 g

Água para injeção q.s.p.

100 mL

Osmolaridade

2775 mOsmol/L

Apresentação do Glicose - Farmace

Solução injetável, límpida, incolor, estéril e apirogênica.

Caixa com 200 ampolas de plástico transparente com 10 mL. Caixa com 100 ampolas de plástico transparente com 20 mL.

Uso intravenoso e individualizado.

Uso adulto e pediátrico.

Para que serve

As soluções injetáveis de glicose são usadas geralmente como líquidos de hidratação e como veículos para outras drogas. Também podem ser utilizadas como fonte de carboidratos (açúcar) para prevenção e/ou tratamento da desidratação, ocasionada pela diarreia. As soluções de glicose 25% e 50% são indicadas em caso de desidratação, reposição calórica, nas hipoglicemias e como veículos para diluição de medicamentos compatíveis.

Como o Glicose - Farmace funciona?

A glicose é um nutriente que o organismo facilmente transforma em energia, sendo a principal fonte de energia no metabolismo celular. A solução de glicose é útil como fonte de água e calorias e é capaz de induzir diurese dependendo das condições clínicas do paciente. A glicose é usada, distribuída e armazenada nos tecidos do corpo. A glicose atinge o seu pico plasmático 40 minutos após sua administração em pacientes hipoglicêmicos.

Contraindicação

A solução de glicose não deve ser utilizada nos casos de hiperhidratação, hiperglicemia (excesso de glicose no sangue), diabetes, acidose, desidratação hipotônica e hipocalemia (diminuição do potássio no sangue).

O uso de solução de glicose de 25% ou 50% é contraindicado em pacientes com hemorragia intracraniana ou intra-espinhal, delirium tremens em pacientes desidratados, na síndrome de má absorção glicosegalactose e nos pacientes com alergia aos produtos do milho.

As soluções de glicose não devem ser administradas em pacientes com insuficiência renal e após ataque isquêmico.

Categoria de risco na gravidez: Categoria C.

Como usar

O produto solução injetável de glicose é uma solução límpida, incolor, estéril e apirogênica acondicionada em ampola de plástico transparente para administração intravenosa.

Para abrir

Segure as ampolas, na posição vertical, com as duas mãos e separe-as cuidadosamente a partir da parte superior da ampola conforme figura 1. Após destacar a ampola, mantenha-a na posição vertical e dê leves batidas na parte superior a fim de retirar uma pequena quantidade de líquido que fica nesta região. Mantenha a ampola na posição vertical e dobre o gargalo para frente e para trás, em movimento contínuo. Em seguida, segure firmemente o twist-off e gire-o no sentido horário até abertura da ampola plástica conforme figura 2. Introduza a agulha da seringa a ser utilizada na abertura da ampola conforme figura 3. Inverta a ampola plástica e aspire o seu conteúdo, puxando o êmbolo da seringa adequadamente conforme figura 4. Remova a ampola da seringa e mantenha o seu êmbolo puxado.

Posologia do Glicose - Farmace

A dosagem a ser utilizada deve ser determinada pelo médico e é dependente da idade, do peso, das condições clínicas do paciente, do medicamento diluído em solução e das determinações em laboratório.

Antes de serem administradas, as soluções parenterais devem ser inspecionadas visualmente para se observar a presença de partículas, turvação na solução, fissuras e quaisquer violações na embalagem primária com firmeza.

Se for observado vazamento de solução descartar a embalagem, pois a sua esterilidade pode estar comprometida.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração de tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Solução de Glicose - Farmace?

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Precauções

Não utilizar o produto se nele for detectado a presença de partículas, turvação na solução e/ou quaisquer violações na ampola.

As soluções de glicose não devem ser administradas simultaneamente a infusão de sangue devido à possibilidade de coagulação.

A monitoração frequente de concentrações de glicose, de eletrólitos particularmente de potássio no sangue faz-se necessário antes, durante e após a administração da solução de glicose.

A concentração de glicose no sangue deve ser monitorada frequentemente quando a solução de glicose é administrada em pacientes pediátricos, particularmente nos neonatos e nas crianças com baixo peso ao nascer porque aumenta o risco de hiperglicemia/hipoglicemia.

Cuidado para não haver extravasamento na solução intravenosa.

Reações Adversas

O uso da solução injetável de glicose pode provocar febre, infecção no ponto de injeção, trombose venosa ou flebite (inflamação da veia). Também pode ocorrer aumento da pressão arterial em pacientes já hipertensos, confusão mental, inconsciência, insuficiência cardíaca congestiva, aumento do volume sanguíneo, aumento da glicose no sangue e diurese osmótica.

Se ocorrer reação adversa, suspender a infusão, avaliar o paciente, aplicar terapêutica corretiva apropriada e guardar o restante da solução para posterior investigação, se necessário.

O extravasamento da solução de glicose pode resultar em dor no local da injeção e necrose tecidual após administração intravenosa.

Informe ao seu médico, cirurgião dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Superdosagem

A infusão de grandes volumes da solução de glicose pode causar hipervolemia, resultando em diluições eletrolíticas do soro, estados congestivos e edemas pulmonares. A infusão muito rápida de glicose pode causar distúrbios neurológicos como depressão e coma, devidos aos fenômenos de hiperosmolaridade, principalmente em portadores de nefropatias crônicas. Nestes casos, instalar terapia de apoio, conforme as necessidades.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Cuidados de Armazenamento

A solução de Glicose é uma solução límpida, incolor, estéril, apirogênica e isenta de partículas em suspensão.

A exposição de produtos farmacêuticos ao calor deve ser evitada, portanto deve conservar o produto solução injetável de glicose a temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da luz e umidade.

Prazo de validade: 24 meses após a Data de Fabricação. 

Número do lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Este medicamento deve ser utilizado imediatamente após a abertura da ampola.

Características do medicamento

O produto solução injetável de glicose é uma solução límpida, incolor, estéril e apirogênica, logo, não proceda em hipótese alguma a guarda e/ou conservação de volumes restantes das soluções utilizadas, devendo as mesmas serem descartadas.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

População Especial

Gravidez e lactação

Categoria de risco na gravidez: Categoria C.

Não foram efetuados estudos adequados em mulheres, logo, administrar somente se claramente necessário.

Utilizar com cautela caso esteja amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Uso pediátrico

Utilizar com cautela no tratamento dos neonatos, especialmente os neonatos precoces, cuja função renal pode ser imatura.

Uso em idosos

Os pacientes idosos são mais prováveis de ter função renal diminuída, por isso, cuidado deve ser tomado na seleção da dose, e pode ser útil monitorar a função renal.

Dizeres Legais

M.S.: 110850009

Responsável Técnico: Dr. A. F. Sandes CRF-CE n° 2797

Farmace Indústria Químico-Farmacêutica Cearense Ltda. Rod. Dr. Antônio Lírio Callou, KM 02. Barbalha - CE – CEP 63.180-000 CNPJ: 06.628.333/0001-46 Indústria Brasileira

SAC: 0800-2802828

Uso restrito a hospitais.

Venda sob prescrição médica.

Preço

Sem ofertas
Este sitio utiliza cookies. Continuar usando recurso, acepta los terminos y políticas de tratamiento de datos personales.